Prótese Fixa e Removível

A perda de dentes pode ter causas variadas, entre elas cáries, traumatismos e doenças gengivais, sendo esta última a principal causa. Geralmente, as pessoas procuram tratar os seus dentes quando a estética está comprometida. A ausência de um dente vai além dessa questão, pois representa comprometimento da integridade do sistema mastigatório.

Quando faltam dentes, os que estão ao lado e os oponentes, tendem a mover-se para o espaço livre, provocando todo o tipo de desequilíbrio nas arcadas dentárias.

Para restaurar as funções mastigatórias, estética e fonética e minimizar estes efeitos, fazem-se as chamadas próteses dentárias.

Existem dois tipos de prótese: Prótese fixa e prótese removível.

Casos Clínicos

Saiba mais sobre alguns dos casos de Prótese fixa e removível levados a cabo pela rede de médicos com quem colaboramos.

O que é uma prótese removível?

Com as próteses dentárias é possível devolver ao individuo uma boa qualidade de vida. Com as próteses dentárias a estética e o bom funcionamento da estrutura dentária é recuperada e os problemas causados pela falta de dentes são evitados.

A prótese removível é uma prótese dentária que pode ser removida e recolocada para limpeza, e que repousa sobre as membranas mucosas e gengivas.

Como já referido, este tipo de prótese está cada vez mais fora de uso. Uma vez que elas assentam sobre a mucosa e o osso que está subjacente, e em alguns casos estão suportadas por alguns dentes, parte das forças de mastigação provocadas são amortecidas por estes tecidos, levando a uma agressão gradual do tecido ósseo e à sua reabsorção ao longo do tempo, bem como a uma sobrecarga dos dentes que a seguram. Para além disso o desconforto sentido e os movimentos enquanto fala ou come, fazem com que muitos dos utilizadores destas próteses optem por um tratamento com implantes, onde a prótese é fixada.

As próteses removíveis, ao longo do tempo, sofrem um desajuste, pelo que as visitas constantes ao profissional especialista são quase obrigatórias quando já passou algum tempo após a sua colocação. Muitas destas pessoas recorrem a fixadores de próteses, com o desconforto que isso implica, sempre que estas colas deixam de funcionar.

As próteses removíveis, embora melhorem a função mastigatória, fazem-no em menor medida do que as próteses fixas. Durabilidade e conforto são também dois factores que fazem pender o equilíbrio a favor das próteses fixas.

Os implantes dentários podem mudar a sua vida, tanto estética como mastigatória, quando substituem as próteses removíveis.

Contudo, se as condições dentárias não permitirem a fixação de implantes dentários e/ou próteses fixas, as próteses removíveis podem ser uma boa solução.

AGENDAR CONSULTA

Tipos de Próteses removíveis

Próteses parciais removíveis

Podem ser removidas para limpeza, repousam sobre a mucosa e as gengivas e podem ter ganchos de retenção em alguns dentes.

Com os avanços nos materiais e na tecnologia, este tipo de prótese está cada vez mais fora de uso e estas próteses são normalmente substituídas por implantes dentários. Estes implantes dentários são fixos e portanto muito mais estéticos e confortáveis.

Prótese total removível

Esta é a prótese completa para pessoas sem dentes e é suportada exclusivamente pelas membranas mucosas e pelo palato.

Tal como o tipo anterior de prótese, estas também se encontram praticamente em desuso. Apenas são aconselhadas numa percentagem mínima de casos em que os implantes não podem ser colocados, de modo a que cada individuo possa viver uma vida relativamente normal.

O problema com estas próteses reside na sua instabilidade quando se trata de comer ou falar, pelo que as pessoas recorrem eventualmente a fixá-las com “colas” indicadas para este tipo de casos, com os inconvenientes que isso implica.

O que é a prótese fixa ?

As próteses fixas, como o nome indica, são as próteses que não são removíveis pela pessoa no dia-a-dia. Só podem ser removidas pelo profissional especialista, com recurso a brocas especiais. Neste grupo, encontram-se as coroas unitárias (apenas um dente), as pontes (ou seja, um conjunto de dentes) e as próteses de arcada total. As coroas unitárias podem ser aplicadas sobre dentes ou implantes.

Prótese fixa sobre os dentes

Os dentes são desgastados de modo a colocar coroas e dentes falsos colados a eles.

Esta é uma opção muito interessante quando o dente foi danificado por trauma ou cárie, por exemplo. O prostodontista prepara o dente para que este possa albergar uma cobertura que restaure a sua funcionalidade, tanto esteticamente como em termos de mastigação. Há um grande número de materiais que nos oferecem uma vasta gama de opções para fornecer uma solução para o problema.

Prótese fixa sobre implantes

Tanto para maxilares inteiros que foram deixados sem dentes, como para substituir vários ou um único dente. Estes dentes são os que são colocados sobre os implantes, que foram previamente colocados pelo cirurgião.

Para os colocar, o prostodontista deve realizar várias provas na boca da pessoa para assegurar que a cor e a forma, entre outras coisas, são as mais corretas. Tal como as próteses nos próprios dentes do individuo, as coroas sobre implantes também oferecem uma multiplicidade de possibilidades a reabilitar. A formação do especialista neste campo será fundamental para poder mostrar os últimos avanços que existem.

Próteses removíveis suportadas por implantes ou semi-fixas

Prótese dentária completa que é montada numa barra, que por sua vez é fixada a dois ou três implantes.

Estas próteses são utilizadas quando o cirurgião é obrigado a colocar poucos implantes num individuo sem dentes, geralmente devido a uma falta de osso. Uma boca edêntula (sem dentes) pode ser reabilitada com 4 implantes na parte superior ou a partir de 2 na parte inferior, e colocar uma prótese que cobrirá toda a boca.

Este tipo de prótese é fixado sobre estes implantes, embora a pessoa seja capaz de a remover para uma higiene adequada. O facto de ser colocado sobre estes implantes significa que a prótese não tem qualquer tipo de movimento dentro da boca.

Quanto tempo tem de esperar entre a colocação de um implante e a colocação de uma prótese dentária?

A correta osteointegração (integração do implante no osso) dos implantes requer 2 a 4 meses antes de poder receber as forças mastigatórias normais.

Após este tempo, a prótese pode ser fabricada. Em áreas estéticas anteriores ou em casos de maxilares cheios, pode ser fabricada uma prótese fixa e removível provisória para maior conforto da pessoa.

O implantologista estabelecerá o tempo necessário para ser capaz de reabilitar o implante colocado. Na maioria dos casos, o tempo dependerá do estado do osso onde o implante foi colocado e do tipo de implante colocado.

Um implante colocado num osso com uma quantidade e qualidade aceitáveis irá permitir encurtar o tempo necessário para colocar a prótese.

No caso de ter um osso estreito ou de má qualidade, estes tempos terão de ser prolongados, pois o implante necessitará de um pouco mais de tempo para se integrar no osso.

Sem dúvida, respeitando os tempos de integração dos implantes colocados, assegurará que quando o prostodontista reabilitar estes implantes, eles serão perfeitamente integrados no maxilar.

De que cuidados especiais necessitam as próteses fixas e removíveis?

As próteses dentárias precisam de ser limpas diariamente em detalhe, uma vez que a placa dentária entra na boca todos os dias.

As pessoas que usam dentaduras devem ser instruídas a limpá-las bem e devem visitar o profissional pelo menos uma vez por ano para que sejam verificadas e limpas em pormenor.

Muitas vezes as pessoas tendem a pensar que uma vez que a prótese está no lugar, não necessita praticamente de manutenção. Nada poderia estar mais longe da verdade, as próteses dentárias necessitam de cuidados semelhantes aos que são recebidos pelos dentes. Uma higiene adequada é essencial para que o trabalho realizado esteja em perfeito estado durante muitos anos em boca.

Além disso, os controlos periódicos, como indicado acima, são essenciais para o profissional verificar se tanto o ajuste como o estado dos tecidos moles estão corretos.

Agende a sua Consulta

Preencha o formulário e entraremos em contacto num prazo máximo de 24 horas. Caso tenha alguma questão estamos disponíveis para o ajudar!